The SURGEON

DrOzimoGama_CirurgiadoAparelhoDigestivo

Ozimo Gama, Md PhD (Digestive Surgery)

 
“If I saw further, it was by being on the shoulders of giants.”

This BLOG emerged from our experience with students of the boarding school of Surgical Clinic and Resident Doctors in order to share the most relevant topics and the most frequently asked care questions to patients treated at the Surgical Clinic / General Surgery services through a free adaptation and summary of subjects found in articles, books and research available on the internet. Welcome and Good Study.

Know a little about the Author…

Doctor Ozimo Gama`s Curriculum and Scientific Production

24 Respostas

  1. Só tenho a agradecer. Deus de mãos dadas com o Sr. sempre . 9 anos sob os seus cuidados, com muita competência, amor a profissão e muito respeito ao paciente. #gratidao #Deuseosemhordoutor

  2. Boa tarde. Sou enfermeira agora a dar formação em escolas . Tenho uma criança com 6 anos que teve uma colostomia por Hirschsprung quando nasceu. Que tipo de ensinos/ cuidados especiais devem ter estes profissionais ( professores )com o aluno? Pode fazer exercicio fisico normal ?
    Obrigada

  3. Olá Dr. Ózimo,
    Irei fazer uma colonoscopia e confesso que fiquei assustada com um termo que recebi para assinar, no qual estava descrito risco de perfuração intestinal em uma frequência de 1 caso para cada 500 exames, muito assustada mesmo com essa porcentagem.

    1. https://goo.gl/Ak5t1Z Neste link você pode ler a base de dados que seguimos como parâmetro para o termo de consentimento.

  4. DANIELE SILVA DE PAULA | Responder

    Meu esposo fez a reversão dia 08/08/2017 e hoje 14/08/2017 está com fortes dores abdominais, e ainda não foi ao banheiro isso é normal? Quantos dia demora pra ele evacuar?Estou muito preocupada.

  5. OLA,
    POSSUO UMA ILEOSTOMIA PROTETORA LADO DIREITO, NUNCA SOUBE COMO FOI FEITO ESTE PROCEDIMENTO GRAÇAS A DEUS A ANASTOMOSE FOI FEITA COM EXITO NÃO HOUVE DEISCENCIA,,
    AGORA SERÁ FEITO A QUARTA CIRURGIA FINAL ASSIM ESPERO EM RAZÃO DE SURGIMENTO DE FISTULA NA SEGUNDA E A TERCEIRA CIRURGIA FOI AVASSALADORA E CORRETIVA,,A PRIMEIRA FOI FEITO A COLECTOMIA
    POR FAVOR,,PODERIA ME EXPLICAR COMO FOI FEITO A ILEOSTOMIA PROTETORA E O QUE IRÃO FAZER AGORA,, SAIREI VIVO DESTE PROCEDIMENTO INVASIVO?

    1. Obrigado por compartilhar sua experiência, infelizmente as informações que você procura somente o seu Médico assistente apresenta os dados técnicos necessários para redimir suas dúvidas. O que podemos orientá-lo é que na sua próxima consulta com o Cirurgião responsável pelo procedimento pergunte e esclarece todos estes pontos. Uma recomendação que sempre faço aos meus pacientes é que levem todas as perguntas anotadas previamente para não esquecê-las no momento da consulta além de levar sempre o familiar ou acompanhante que o acompanhará no período da internação. Um abraço e desejo boa sorte em seu procedimento.

  6. Leidiane passos dos santos | Responder

    Olá dr Ozimo,ja fui sua paciente no hap vida,gostaria de saber quais hospitais publicos vc atende?

    1. http://Www.Institutoprogastro.Wordpress.Com e drozimo.com.br, veja aqui nossa localização e os fones para contato.

  7. rosely dos santos mendonça | Responder

    foi retirado 15cm de reto por um tumor, isso em novembro de 2015,
    Gostaria de saber quantos cm de reto e necessário para a reconstrução?

    1. Roseli obrigado por compartilhar seu caso familiar. Nos casos de ressecções do reto o limite preciso para reconstrução é considerado após a realização do enema opaco no pós-operatório. Caso o segmento restante seja exíguo haverá necessidade da utilização de materiais especiais (grampeadores articulados e circulares). Aguarde a avaliação pelo Cirugião no pós-operatório.

  8. Dr. meu irmao deve fazer a cirurgia de reversao da ileostomia depois de 3 anos de uso fa bolsa, depois de fistulas ocasionadas por intestino colado, agora o proctologista nao aconselha a colonoscopia porque e perigoso, qual atitude correta a tomar

    1. A avaliação individualizada pelo Médico Especialista Assistente é a mais segura. Tenha uma conversa franca com o Médico em questão, somente através do exame clínico e avaliação dos exames complementares a conduta pode ser proposta caso a caso.

  9. Olá td bem . Gostaria de saber se tem alguém aqui de ctba que vcs indiquem para gastro de reversão ..meu pai tem colostomia ..está fazendo quimio ..e na cirurgia a três meses atrás teve complicações … estamos com medo da reversao … mas ele está ansioso … o atual médico dele falou em fazer após as quimios ..mas gostariamos de uma segunda opinião. .obrigada desde já

    1. Em Cutitiba você pode procurar um dos maiores profissionais da Cirurgia do Aparelho Digestivo no Brasil – Dr. Júlio César Uili Coelho.

  10. Bom dia, Dr. Ozimo, meu nome é Rogério fui diagnosticado recentemente com Hérnia de Hiato, estou completamente destruído, choro quase todos os dias, se eu fizer a cirurgia vou ter minha vida de volta? Sem ter que ficar refém de remédios e dietas e dos sintomas desagradáveis da Hérnia de Hiato.

  11. Dr ozimo já consultei com VC no macieira sobre cirurgia bariátrica, mais estou cansada de esperar quanto VC faz uma cirurgia dessa instituto pró gastro

  12. Meu nome e Nubia Barbosa tenho 29 anos e a 7 anos atrás fui submetida a cirurgia de Fobi Capella. Contudo admito ter abandonado todos os acompanhamentos, e infelizmente voltei a engordar. Tenho muita vontade de voltar a ter outra oportunidade, contudo tenho muito receio. Hoje encontrei este Site e gostaria de saber como faço para qter mais esclarecimentos e acesso aos valores da cirurgia.
    Haveria como vocês me ajudarem?

  13. Gostaria de saber como é o procedimento para fazer RETOSSIGMÓIDOSCOPIA FLEXIVEL , fiz três vezes e a Médica que fez intervenção, disse me que estou pronta para fazer a REVERSÃO, gostaria de ver o vídeo da cirurgia, a ser realizada desde já os meus sinceros agradecimentos aos DOUTORES……

    1. https://www.youtube.com/watch?v=U4AkFwXFexo Segue o link com o Vídeo de uma Cirurgia de Reversão de Colostomia por VídeoLaparoscopia.

  14. conheço uma pessoa que operou do pancreas devido a uma pancreatite e esta em recuperaçao mais esta com excesso de liquido no abdomem mais precisamente 3 litros e meio e uma parte do figado murchou e os medicos so estao pedindo exame e ninguem opera.sente dores nas costas tambem .A cirurgia do pancreas faz 8 meses e ate agora nao se recuperou o q pode ser?

    1. A principal complicação da Pancreatite Aguda Grave é o desenvolvimento de infecção nas áreas de necrose pancreática. Ela ocorre em 10% a 50% dos pacientes com necrose pancreática, geralmente após 3 a 4 semanas do início do quadro clínico. Deve ser suspeitada nos pacientes com necrose pancreática que não apresentem melhora clínica após três semanas de tratamento. O diagnóstico é feito através de punção com agulha fina (PAF) guiado por TC. Há inúmeras abordagens descritas para o tratamento da necrose infectada, desde tratamento conservador com antibióticos, tratamento com colocação de drenos percutâneos, até cirurgia minimamente invasiva através de cirurgia endoscópica transgástrica e utilização de nefroscópio rígido. No entanto, o tratamento padrão ainda é a cirurgia aberta. Há controvérsias quanto ao momento ideal da intervenção e as técnicas operatórias empregadas.

      Estudos publicados nos anos 1990 mostraram que o adiamento da intervenção cirúrgica levou a quedas expressivas da mortalidade quando comparadas à cirurgia precoce (27% versus 65%), o que levou à recomendação que os pacientes com PAG sejam submetidos à cirurgia apenas após a 3ª/4ª semanas do início dos sintomas. Diversas técnicas foram descritas para o tratamento da necrose pancreática. Em todas, o objetivo é o controle do foco infeccioso através da remoção do tecido necrótico, preservação do tecido pancreático normal e drenagem do exsudato inflamatório e debris. Na necrossectomia com tamponamento e relapatomias programadas, é realizada ressecção do tecido necrótico, drenagem de exsudato e debris e relaparotomias a cada dois dias até que a cavidade seja considerada saneada e, finalmente, fechada com drenos na loja pancreática.

      Outra técnica utilizada é a necrossectomia com lavagem peritoneal. Após a necrossectomia, são colocados drenos calibrosos na loja pancreática que são utilizados para irrigação contínua.

Deixe aqui seu comentário, dúvida e/ou sugestão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: